Avaliação do Usuário: 1 / 5

Estrela ativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A Epinefrina (Adrenalina) tem grande importância na Medicina Legal, pois a verificação da existência e quantidade desta substância juntamente com a glicose pode determinar o tempo de agonia que antecedeu a morte.

A epinefrina  é um hormônio e neurotransmissor. Ela aumenta a frequência cardíaca, contrai os vasos sanguíneos, dilata as vias aéreas e participa da Fight-or-flight response* do sistema nervoso simpático. Quimicamente, a adrenalina é uma catecolamina, uma monoamina produzida apenas pela glândula adrenal do aminoácidos fenilalanina e tirosina. 

Fórmula: (R)-4-(1-hydroxy-2-(methylamino)ethyl)benzene-1,2-diol

Exames usados pela perícia para constatar o período Agônico:

Docimasia hepática química de Lacassagne e Martin
Docimasia hepática histológica de Maissner
Docimasia supra-renal química de Leoncini e Cevidalli
Docimasia supra-renal histológica de Veiga de Carvalho


*Fight-or-flight response (Reação de lutar ou fugir ) é uma teoria do fisiologista Walter Bradford Cannon, que diz que os animais diante ao perigo, passará por mudanças fisiológicas ( Ex.: taquicardia, diminuição de fluxo sanguíneo nos membros, o que no homem causa as mãos frias). Isto seria a preparação do animal para lutar ou fugir do perigo.

consulte o link a seguir para conhecer mais sobre Morte Agônica e Morte Súbita, texto do Dr. Paulo Roberto Vieira ( link )

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios