Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

'Dono de casa que protege sua família pode pegar 30 anos de cadeia", este é o entendimento de uma delegada de Formosa-GO.

Jefferson Marques Evangelista, de 32 anos, ladrão por profissão, já tinha cometido vários roubos a casas na cidade. Fato que acontecia a luz do dia, e a polícia, Judiciário ou Igreja nunca fizeram nada.

"Souza", de 28 anos tinha os bons de sua casa furtados, quando saía para trabalhar. Objetos comprados como DVD player, Televisão, rádio, eram furtados quando ele ia trabalhar.

Então, com um cano de metal, uma ratoeira, um projétil e um pedaço de arame, ele construiu um dispositivo de disparo, que detonaria o cartucho, atingindo quem adentrasse sua residência.

O Ladrão Jefferson deixou a bicicleta parada na porta, e invadiu a última residência de sua carreira como ladrão, o dispositivo acionado lançou o projétil contra seu tórax e o matou.

“Souza” foi indiciado pela prática de homicídio doloso, quando existe a intenção de matar. Se condenado pode pegar 30 anos.

Só quem compra televisão em 15x no crediário, com um juros que podem chegar a 19,99% ao mês, sabe o quanto é duro chegar em casa e descobrir que os objetos do lar foram furtados.

Mas o Estado quer que você trabalhe, pague impostos e sustente vagabundos e marginais.

Mesmo que Souza não seja condenado a 30 anos, irá responder por porte ilegal da armas, pois foi encontrado dois projetes (2 balas/cartuchos) em sua casa. Balas que podem ter sido achadas na rua. (Eu já encontrei três de calibre 38 e uma de calibre 45 aqui na minha rua, em Goiânia).

Além do mais, Souza sendo preso, ficará com a ficha suja, e nunca mais conseguirá um trabalho que preste.

Ainda vem alguns jornalistas e a delegada falando que poderia ser um inocente a ser morto.

Não sei se inocente pula muro e arromba uma porta! Santa ignorância.

A Constituição permite a proteção do Lar, mas ela é escrita com papel, e papel a gente usa para limpar a bund*. Precisamos de uma Constituição Viva, que preze pela dignidade do ser humano, que saía do papel e mude nossa realidade!

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios