Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Você sabia? O governo americano manteve sérias restrições a exportação de criptografia, em diversos softwares, como por exemplo os Microsoft Office 2000, que foi proibido de usar chaves com mais de 40 bit!

Como funciona a criptografia/encriptação?

No começo as criptografias eram feitas em textos de forma tão simples que poderia ser solucionada com atenção. Um exemplo clássico nas guerras.

Um casal troca cartas apaixonadas (trecho): "Sinto tanta falta de você! Hoje passei a tarde na praia de House Lous olhando o mar, avistei dois golfinhos, e lembre de você". [Os golfinhos aqui, são submarinos].

Outras formas foram desenvolvidas para exercitar a mente, como a escrita ao contrário, feita por Leonardo Davinci, e a substituição de caracteres por outros.

Exemplo: ésT-oaL .ossap ocinú mu moc açemoc megaiv agnol amU
Se invertermos: Uma longa viagem começa com um único passo. Lao-Tsé

Outra forma é a sustituição de caracteres inividuais por letras:

Quando sustituidos: Quarenta anos é a velhice dos jovens; cinqüenta anos é a juventude dos velhos. (Victor Hugo)

Pode se pensar em substituição de caracteres por outros em uma frase investida.A criatividade humana não tem limites!

Mas com a era da informática, um livro de centenas de página pode ser des-criptado em milésimos de segundos, além do mais hoje não se fala apenas em criptografar apenas textos, mas também imagens, sons, além dos códigos de programas. A informação tem grande valor, e como cuidar dela?

Numa linguagem bastante simples, irei nos próximos dias descodificar os mistérios da criptografia no Especial Criptografia. Volte sempre, cada dia uma novidade!

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios