Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

Proibamos os cigarros e as poesias,

que sejam hediondos os cigarros pretos,

e os poemas que ousem cogitar o amor

Instituíamos o osa, tons rosas, pink e love

Saudaremos a imaginação, a percepção teimosa,

não faço poemas, já disse que não gosto,

falo das luzes rosas, questionando seus amados,

os pobres perdidos em cabelos molhados

Não me tema, nem se aborreça,

deixe que’eu pense, eu sempre penso

deixe que’eu imagine, eu sempre imagino,

seja o que é, faça o que quer, aceito o que vier,

Ali, aqui, colá, onde você está, procuro,

vendo, sendo, tendo, dançando, bebendo

gosto, de te ver distante, ali, não lá, aqui

gosto de te ver, só ver? Amiga ser? E ser?

Que seja, lá, longe, pujante, durante, constante

Sílvio Lôbo, o amigo, para Gabriela A.F., moça linda

que encanta, Goiânia, 01-04-09 {jcomments on}

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios