Imprimir
Categoria: Letras, Arte e Paixão (II)
Acessos: 3529
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

Adjetivo é a palavra variável que modifica substantivos, atribuindo uma características aos seres nomeados por eles.

Exemplo:

Paisagem silenciosa

Paragens mais animadas

Quanto à classificação podem ser:

-Simples
Quando formados por apenas um radical.
claro, escuro…

Compostos
Quando formados por dois ou mais radicais.

amarelo-claro, azul-escuro…

-Primitivos
Quando não derivados de outra palavra em língua portuguesa.
bom, feliz…

-Derivados
Quando derivados de outros substantivos ou verbos.
bondoso, amado…

Existem ainda os adjetivos pátrios, que se referem à origem ou nacionalidade.
brasileiro, paulistano, santista…

Os adjetivos flexionam-se um gênero, número e grau.

Quanto ao gênero, podem ser:

Uniformes
Quando uma única forma é usada tanto para concordar com substantivos masculinos quanto com femininos.
menino feliz, menina feliz…

-Biformes
Quando se flexionam para concordar com o substantivo que qualificam.
menino bonito, menina bonita…

Quanto ao número, podem ser singular ou plural para acompanhar o substantivo que qualificam.

menina bonita – meninas bonitas
pessoa feliz – pessoas felizes

Flexionam-se em grau para expressar a intensidade das qualidades do substantivo ao qual se referem.

Quanto ao grau, podem ser comparativos ou superlativos.
O grau comparativo pode designar:

- igualdade: Sou tão bonita quanto ela.
- superioridade: Sou mais bonita que ela.
- inferioridade : Ela é menos bonita do que eu.

O grau superlativo pode ser absoluto ou relativo.

- absoluto analítico: Ela é muito bonita.
- absoluto sintético: Ela é belíssima.
- relativo de superioridade
(analítico): Ela é a mais bonita de todas.
(sintético): Esta vila é a maior de todas.
- relativo de inferioridade: Ela é a menos bonita de todas nós.