Instagram

Ajude-nos

Você sabia que qualquer pessoa pode publicar neste site, mas que todo custo é pago apenas pelo editor?
Se deseja ajudar este projeto, pode fazer doações de qualquer valor, mesmo poucos centavos, por meio de depósito em poupança da Caixa Econômica Federal. Anote ai!

Banco: Caixa Economica Federal [104]
Favorecido: Silvio de Souza L Júnior.
Agência: 1340
Operação: 013
Conta Poupança: 809559-4

Rua 44 Anunciar 600x300

Avaliação do Usuário: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

O romance "Eurico, o Presbítero", conta a triste história de amor entre Hermengarda eEurico. A história se passa no início do séc. VIII na Espanha Visigótica. Eurico eTeodomiro são amigos e lutam junto comVitiza (imperador da Espanha) contra os "montanheses rebeldes e contra a francos,seus aliados".
Depois desse bem sucedido combate, Eurico pede ao Duque de Fávila a mão de suafilha, Hermengarda, em casamento. No entanto, Fávila ao saber da intenção de Euricoe, sabendo ainda que esse era um homem de origem humilde, recusa o pedido deEurico. Certo de que sua amada também o repelia, o jovem entrega-se ao sacerdócio,sendo ordenado como o Presbítero de Cartéia.
A vida de Eurico então resume-se as suas funções religiosas e à composição depoemas e hinos religiosos, tarefas essas que ocupavam sua mente, afastando-se assimdas lembranças de Hermengarda.
Essa rotina só é quebrada quando ele descobre que os árabes, liderados por Tarrique,invadem a Península Ibérica. Então Eurico toma para si a responsabilidade decombater o avanço árabe. Inicialmente, alerta seu amigo Teodomiro e,posteriormente, já diante da invasão, o Presbíterode Cartéia transforma-se no enigmático Cavaleiro Negro.
Eurico, ou melhor, o Cavaleiro Negro luta de maneira heróica para defender o soloespanhol. Devido a seu ímpeto, ganha a admiração dos Godos e lhes dá força paracombater os invasores.
Quando o domínio da batalha parece inclinar-se para os Godos, Sisibuto e Ebas, osfilhos do Imperador Vitiza, traem o povo Godo com a intenção assumir o trono. Assimo domínio do combate volta a ser árabe. Logo em seguida Roderico, rei dos Godos,morre no campo de batalha e Teodomiro passa a liderar o povo.
Nesse meio tempo, os árabes atacam o Mosteiro da Virgem Dolosa e raptamHermengarda. O Cavaleiro Negro e uns poucos guerreiros conseguem salvá-la quandoo "amir" estava prestes a profaná-la.
Durante a fuga, Hermengarda, foi levada desmaiada às montanhas das Asturias, ondePelágio, seu irmão, está refugiado. Nesse momento, essas montanhas são o único everdadeiro refúgio da independência Goda, uma vez que, depois de uma luta terrívelcontra os árabes, Teodomiro aceita as vantajosas condições de paz que lhe sãopropostas:os campos da Bética, que lhe pertenciam, continuariam em seu poder.
Em segurança, na gruta Covadonga, Hermengarda depara-se com Eurico e, enfim,pode declarar seu amor. No entanto, Eurico sabe que esse amor jamais poderá seconcretizar, devido as suas convicções religiosas. Então Eurico revela a ela que oPresbítero de Cartéia e o Cavaleiro Negro são a mesma pessoa. Ao sabe disso,Hermengarda perde a razão e Eurico, convicto e ciente das suas obrigações religiosas,parte para um combate suicida contra os árabes.