Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Norteador

Nasce com uma luz diferente
Aquele que quer de ofício educar gente
Não é como quem explica, explica
E depois pergunta se entende
É aquele que só desiste quando se aprende

Paciência, jogo de cintura, conhecimento e finura
Nem todo mundo consegue tal altura
Mas quem nasceu pra ensinar
Traz com um brilho no olhar tal forma de cultura

Da infância até a morte
Só separa de aprender quando do "corte"
O que se sabe, aprende, entende, pra quem perguntar?
É aquele que indica, é quem dá sorte
a paixão ou ódio, a que se importe
o professor que determina, mostra o rumo, o Norte

[ Parabéns aos estudiosos que acreditam na Educação,
Feliz dia dos Professores,
Uma homenagem especial a Sílvio Lôbo]


Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios