Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

 

 

 

 

Não tomar a causa pelo efeito, por isso não se deve reduzir a maioridade penal. São os senadores mais corruptos que defendem isso. O judiciário, gente que estuda é contra. Deve-se combater a causa, o porquê os seres humanos estão cometendo crimes mais cedo. Enquanto rouba-se dinheiro da merenda escolar, enquanto o custo de editoração, o custo de um livro é alto, decide-se então reduzir a maioridade penal...

Diz-se que devem então aumentar os investimentos na educação. Isso é um tema tão simples, não há o que se discutir, basta deixa que chegue a educação todo o investimento atualmente destinado a ela. Bastava deixar ser cumprido o que diz o ECA, que serviu de modelo para muitos países, que seria tudo bem melhor!

Mas isso é dinheiro. E dinheiro por si só não gera educação. O certo é que o dinheiro traz melhor qualidade de vida, e diminui a insatisfação e consequentemente a violência...

Porém ter dinheiro não devia ser condição à felicidade ou satisfação. O que deve acontecer é cada um ter responsabilidade com seus atos, e ser, de certa forma, acomodados à quantia que tem.

Não estou de maneira alguma dizendo que o pobre tem que continuar pobre, e nunca querer ficar mais rico. Todos têm o direito de querer melhorar, até onde chega a propriedade do outro. O que estou dizendo é que tenhamos respeito apenas, em relação ao direito dos outros. Querer ter mais, mas sem violentar o direito do outro.

Cada um, por favor, trate de educar seus filhos, com esses valores, e como também queremos resultadas para hoje, cada um trate de adequar seus próprios valores. Não que todos sejamos delinqüentes, no melhor sentido da palavra, mas fazemos parte do sociedade... Todos estaremos ganhando: um mundo melhor.

Até os delinqüentes têm sido violentados. Ultimamente, numa dessas favelas do Rio o integrante da milícia que fazia a ronda numa parte da favela teve sua moto roubada...

Disse o Sr, Jorge Damus Filho numa entrevista após a morte de seu filho, por um menor: “Nos Estados Unidos a maioridade penal é de 07 anos, França 13, Inglaterra 10, Itália 14, Japão 14, Portugal 16, Egito 15, nossa maioridade penal de 18 anos é igual da Colômbia. Estou certo de que entre a nossa que é absurdamente liberal, protegida pelo leniente ECA e a dos outros países mais severas, deve haver um ponto de equilíbrio, de bom senso a que se possa chegar inclusive com a criação de presídios especiais para os menores separados por crime e idade. Não podemos dizer que os Estados Unidos, França, Inglaterra e outros países atentem contra os Direitos Humanos não é?” Respeito a opinião do senhor, mas observemos: na Inglaterra, nessa idade as crianças já são responsáveis, e os EUA tem a maioridade penal nessa idade e nem por isso deixou de ser o caos que era…

Concluindo: Por mais escondido que esteja, todos temos em nossas mentes a consciência de que não é prendendo as pessoas mais cedo que se melhora o mundo. Isso definitivamente! São princípios básicos que são direito do ser humano. Todos temos o direito de ser bons. Não sorria para alguém que lesou alguém. Não ria de uma pessoa lesada por alguém. É como varrer o lixo pra debaixo do tapete. Uma hora o tapete não vai conter mais o lixo. Deve-se então diminuir o volume de lixo produzido na casa. Muito menos deve-se jogar o lixo no quintal do vizinho. Todos temos e somos em parte lixo, cabe a cada um cuidar para que não seja essa a parte que prevaleça, e ajudar ao outro a ser melhor.E não quando o outro que por suas razões se mostra só lixo então você pega e rapidamente varre pra debaixo do tapete! É muito fácil fazer isso.

Por que os seres humanos estão praticando crimes? Por que surgiu a necessidade de diminuir a época da maioridade penal? Nós também não fazemos parte da coletividade?

Nossa grande missão atual é rehumanizar o mundo!

 

Para ler mais textos de Gustavo Souto acesse: Blog G. Souto 

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios