Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 Quem acompanha os noticiários deve ter assistido o vídeo da entrevista no programa Ratinho, disponível abaixo, em três partes. Percebe-se que ele enrolou e desconversou por cerca de 30 minutos, alegando não poder contar por ser “ameaçado”,

É óbvio que o vagabundo, “dito evangélico da igreja Batista que encontrou Nosso Senhor Jesus”, está querendo dinheiro para contar o crime tentando, como todo criminoso, responsabilizar a conduta da vítima. Guilherme, se lhe derem ouvidos, irá se encher do discurso religioso, moralista e doente, tentando se defender lançando a culpa sobre Daniela Perez, culpada por “ser mulher”, culpada por ser “linda e sedutora”, culpada por “querer viver”, quem sabe não foi o próprio demônio que a fez uma “perdição”,

Não concordo em prisão perpetua para homens sadios, mas não consigo ver em Guilherme de Pádua uma mente sã. Logo, valendo-se da Medida de Segurança, CP, art. 96, ele deveria ser internado em hospital de custódia, o cinismo dele assusta e nos coloca a questionar a validade de nossa justiça.

 Guilherme de Pádua (1969) é o assassino confesso da atriz Daniela Perez (1970 – 1992),

Parte 1 http://www.youtube.com/watch?v=pkjkfnwOKhY
Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=rvCxtB8wAP4&NR=1
Parte 3 http://www.youtube.com/watch?v=IlWzotntPSA&NR=1{jcomments on}

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios