Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
(Foto: France Presse)
Tóquio, 15 mar (EFE).- Pelo menos 3.373 pessoas morreram e 7.558 estão desaparecidas por consequência do impacto do terremoto que atingiu o nordeste do Japão na sexta-feira passada, conforme a última apuração publicada nesta terça-feira pela Polícia japonesa.

O número final de vítimas pode ainda aumentar em alguns municípios das províncias mais afetadas, Iwate, Miyagi e Fukushima, onde ainda há milhares de pessoas desaparecidas.

Cerca de 100 mil soldados japoneses, apoiados por voluntários estrangeiros especialistas em resgate, continuam procurando na zona devastada em busca de sobreviventes debaixo dos escombros e arrastados mar adentro por uma onda gigante que alcançou 10 metros de altura.

O Governo japonês informou nesta terça-feira que resgatou 25 mil pessoas depois do terremoto de 8,9 graus na escala Richter, segundo dados do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

Mais de 500 mil pessoas evacuadas vivem agora em 2,5 mil refúgios temporários, muitos dos quais não têm água potável nem energia elétrica.

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios