Instagram

Ajude-nos

Você sabia que qualquer pessoa pode publicar neste site, mas que todo custo é pago apenas pelo editor?
Se deseja ajudar este projeto, pode fazer doações de qualquer valor, mesmo poucos centavos, por meio de depósito em poupança da Caixa Econômica Federal. Anote ai!

Banco: Caixa Economica Federal [104]
Favorecido: Silvio de Souza L Júnior.
Agência: 1340
Operação: 013
Conta Poupança: 809559-4

Rua 44 SEUADVOGADO 200x600
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Rosemary de Morais entrou com uma Ação de Reconhecimento de Paternidade em 2001, mas José de Alencar se recusou a fazer o exame de DNA. Muito se expeculou sobre o assunto, para alguns ele não precisaria fazer o exame de DNA por ser vice-presidente, mas no Brasil é facultativo fazer o exame. O que interessa neste caso a nós, e o fato de uma Ação de Reconhecimento de Paternidade passado 10 anos ainda não ter sido resolvida. Por quê?

A órfã disse em reportage a UOL Notícias que está "magoada" por não ter resolvido este assunto enquanto ele estava em vida, foram 10 anos de julgamento e não houve o reconhecimento, com a recusa do DNA pelo suposto pai, o Juíz deu ganho de causa para Rosemary baseado no relacionamento acontecido entre 1953 e 1954.

Indiferente a este fato que se trata de algo particular. Silviolobo.com.br questiona, Por quê não fazer DNA?

Rosemary de Morais, filha de puta ou não, foi um bebê, uma criança, uma adolescente, é mulher, e sobre tudo um ser humano, e como tal tem direito ao reconhecimento de um pai,

Será que este caso irá morrer junto ao empresário mineiro? Vamos ver...