Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

  gay espancadoQuero elogiar esta frase da presidenta Dilma. Pois mesmo que eu seja absolutamente contra a homofobia, e já tenha dedicado vários artigos deste site para atacar os crimes de ódio e defender os direitos dos homossexuais, é fato e também uma grande verdade, a completa incompetência do Estado no aspecto do dizer "o que é certo ou errado".
  Já foram fracassos todas as tentativas do Estado e da Igreja em ditar as normas de condutas, e agora inventam até um kit gay.
  Vocês lembram da polêmica sobre as teorias da criação do universo? Ficaram discutindo se deveriam ensinar nas escolas o Criacionismo ou o Evolucionismo.
  Por favor, existem coisas mais importantes a ensinar nas escolas. Podemos falar sobre os direitos das minorias, e não precisamos fazer vídeos coloridos cheios de frescuras. Podemos refletir sobre a violência cometida em diversos centros urbanos, as agressões sofridas por homossexuais. Vamos nos apegar na realidade, e não em faz de conta com namoricos de jovens gays, e teorias sem sustentação, como as apresentadas no vídeo, com romancinhos e beijos.
  A imagem deste artigo diz mais do que qualquer kit gay. Pois não estamos falando se é certo ou não. Vendo a imagem temos a certeza de que todos nós estamos errados.
  O crime cometido por preconceito é um crime de ódio, e como tal deve ser severamente punido.
  Já existe um monte de Leis no Brasil para punir severamente tais crimes, mas nenhuma funciona. Não será outra lei que irá mudar isto. A solução vem da família, e não do Estado. Mas o que dizer?
  Hoje crianças crescem sem conhecer o pai, quando conhece o identifica como o cara que paga a pensão. As mães trabalham o dia todo para poder dar vida boa aos filhos enquanto o coleguinha ensina a ele sobre moral e respeito.
  Vale lembrar que a grande maioria dos crimes de ódio cometidos contra homossexuais são praticados por menores que vivem em família de classe média, onde não falta alimento nem escola, mas onde o amor é mendigado.
  Eu não acredito que esta lei seja aplicada aos filhinhos de papai. Pois estes têm dinheiro para pagar bons advogados, e como tudo no Brasil, a PL122 se aprovada irá ser mais palavra morta com finalidades politicas.
  Quem não gostaria de ter os votos de todos gays, lesbicas e simpatizantes do Brasil?
  Mesmo que a PL122 não mude nada, aprovada os votos serão garantidos. Vamos lá pessoal, gay também é povo, e povo é mera massa da manobra das elites.

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios