Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A regra do filho único, uma espécie de política de controle de população, que já existe desde 1979 continuará ainda por mais alguns anos. Esta notícia circulou nos jornais neste domingo, 30 de Outubro de 2011.

Esta política impediu um crescimento de meio bilhão de pessoas na China. Isto é bom, para que mais pessoas possam ter acesso a serviços essenciais de saúde e educação, mas por conta disto:

- a população chinesa está se tornando cada vez mais velha.
- meninas são mortas ou abandonadas nas ruas, o que tem como uma das conseqüências o desequilíbrio entre sexo, impedindo que as pessoas possam casar e ter relações familiares saudáveis.

Esta realidade triste não é prejudial para o mundo, mas acrescenta em tantas coisas tristes que acontece na Republica Ditatorial da China, d'um povo guerreiro e lutador, mas que sofre tanto.

Saiba mais!

A Política do Filho único é uma lei que aplica severas multas em quem tem mais de um filho. Por conta disto existem hoje na China cerca de 80 milhões de filhos únicos (apelidados de pequenos imperadores).  As exceções estão para as comunidades ruais, que podem ter um segundo filho se a primeira for mulher, mesmo muitos preferindo o aborto.

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios