Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Alexandre Magno
Também é conhecido por Alexandre, o Grande.
Sucumbiu aos 33 anos. Matou-o violenta febre, quando em Babilônia (capital de seu famoso império) festejava a conquista de quase todo o mundo antigo.
Era filho de Filipe II, de quem herdou o reinado da Macedônia, aos 20 anos.
Alexandre, que foi o maior rei de sua época, viveu antes de Cristo, de 356 a 323.

Herodes, o Grande
Morreu no interior do próprio palácio, com visíveis sintomas de loucura. Aos gritos, caiu morto a poucos metros de seu trono. Foi rei da Judéia de 39 a 4 a.C..

Fausta
Esposa de Constantino, o Grande.
Condenaram-na à morte por ser muito bela.
Morreu, afogada, num banho quente.

Quílon
Foi um dos maiores gênios da Grécia antiga. Morreu de alegria, ao beijar seu filho, vencedor dos Jogos Olímpicos.

Plínio, o Velho
Foi grande historiador e naturalista romano. Notabilizou-se também como escritor. Deixou vasta obra.

Morreu em 79, aos 56 anos, sob as cinzas escaldantes do Vesúvio. Mataram-no os vapores sulfúricos do grande vulcão. Neste ano, Pompéia era soterrada.

Séneca
Chamava-se Lucius Annaeus Sêneca. Viveu 69 anos (de 4a.C a 65 da Era Cristã).
Acabou seus dias de maneira impressionante. Diz-se que foi condenado por Nero a rasgar as próprias veias, numa prisão dos arredores de Roma.
Sêneca foi político, escritor e filósofo romano.

Pirro II
Rei do Epiro. Em 272 a.C., foi morto no cerco de Argos por uma velha que de cima de um telhado lhe atirou uma telha à cabeça.

Ésquilo
Foi o criador da tragédia grega. Viveu de 525 a 456 a.C.

Diz-se que morreu esmagado por uma tartaruga, que uma águia deixou cair sobre o seu crânio.

Rômulo
Lendário fundador de Roma, de 753 a 715 a.C..
Conta-se que morreu sob as areias de uma tempestade.

Leônidas
Rei de Esparta. Passou à história como um dos maiores heróis de todas as épocas.

Foi trucidade por xerxes, no ano 480 antes de Cristo, no memorável combate das Termópilas, em cujo desfiladeiro morreu ao lado de seus 300 gregos.

Cipião, o Africano
Públio Cornélio Cipião. Foi general romano. Coube-lhe a glória de derrotar Aníbal, na memorável Batalha de Zama, e pôs fim à segunda guerra púnica.

No exílio, morreu em 185 a.C., com a idade de 49 anos. Diz-se que foi encontrado morto em seu leito.

Tasso
Seu nome completo era Torquato Tasso.
Viveu de 1544 a 1595. Destacou-se como grande poeta épico.
Morreu na Itália, sua pátria natal, aos 51 anos, pobre e quase mendigando.
Diz-se que acabou seus dias num manicômio, às portas da loucura.

Maomé
Nasceu em 570 e expirou em 632, com a idade de 62 anos.
Deve-se-lhe a fundação do Islamismo. Perseguido em Meca, fugiu para Medina, no dia 16 de julho de 622. Esta data ficou assinalada na doutrina que ele criou. Marca a Héjira (início da era maometana).
Faleceu na cidade de Medina (cidade da Arábia ocidental), em conseqüência de uma febre maligna, assistido por milhares de fiéis. Diz-se que o profeta adoecera em virtude de uma picada de inseto.

Luís IX
Acabou seus dias em 1270, à frente de uma expedição que marchavam contra Túnis. Vitimou-o terrível epidemia. Tomou parte em duas cruzadas, e foi mais tarde canonizado pela Igreja Romana.

Joana D\'Arc
Heroína francesa. Nasceu em Domremy no começo do século XV (1422). Serviu ao rei Carlos VII da França.

Era denominada a Donzela de Orleães. Queimaram-na, viva, em Ruão, no dia 30 de maio de 1431.

Sebastião
Rei de Portugal. Morreu, tragicamente, na batalha de Alcácer-Kebir, em 1578, lutando contra mouros, na África.

Rafael
Raffaello Sanzio era o seu nome. Foi um dos maiores pintores da Itália, no tempo de Miguel Ângelo e Leonardo da Vinci.
Nasceu em 1483 e expirou em 1520, em conseqüência de um resfriado adquirido nas ruínas de Roma.

homem pe necroterioAlberto I
Rei dos belgas. Chamava-se Leopoldo Clemente Maria Minrad.

Visitou o Brasil com grande pompa, em 1922, por ocasião do Centenário de nossa Independência.
Morreu em conseqüência de um desastre, aos 59 anos, em 1934. Vitimou-o o alpinismo, esporte de sua predileção. Em Marche-les-Dames, próximo de Namur, o rei acabou seus dias, caindo de grande altitude.

Nelson
É considerado como o maior Almirante inglês. Seu nome completo era Hration Nelson.
Após grandes vitórias, morreu em 1805 na memorável Batalha de Trafalgar.
Nelson sucumbiu aos 47 anos, ferido mortalmente pelo inimigo. Em outra batalha havia perdido o braço esquerdo.

Pierre Curie
Deve-se ao casal Curie a descoberta do rádio, metal.
Pierre foi grande químico e físico. Nasceu na França, em 1859.
Morreu em circunstância trágica, ao atravessar uma rua de Paris, em 1906. Esmagou-o uma carruagem.

Ítalo Balbo
Foi o ministro da Aviação, na Itália de Mussolini, onde oculpou posto de destaque, inclisive os de marechal-do-ar e vice-rei da Líbia.

É considerado como o maior aviador italiano.
Balbo, em 1940, aos 44 anos, morreu carbonizado num desastre de aviação.

VIDAL, Valmiro Rodrigues. Curiosidades, como se aprender, distraindo-se. 6 ed. Rio de Janeiro: Conquista, 1963.

Deixe seu comentário

Todos os campos * são obrigatórios