Instagram

Ajude-nos

Você sabia que qualquer pessoa pode publicar neste site, mas que todo custo é pago apenas pelo editor?
Se deseja ajudar este projeto, pode fazer doações de qualquer valor, mesmo poucos centavos, por meio de depósito em poupança da Caixa Econômica Federal. Anote ai!

Banco: Caixa Economica Federal [104]
Favorecido: Silvio de Souza L Júnior.
Agência: 1340
Operação: 013
Conta Poupança: 809559-4

Rua 44 SEUADVOGADO 200x600
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

veleiro solar

O espaço tem dimensões quase que irracionais. Para se ter uma ideia, a distância da Terra ao Sol é algo próximo a 150 milhões de quilômetros. Outros corpos estão tão distantes que para determinar sua distância se consagrou a medida da velocidade da luz.

Vamos compreender,

A velocidade da luz já era assunto discutido na antiguidade, e durante muitos séculos parecia se ter uma compreensão sobre valores muito próximo ao que a ciência afirma hoje. Ela sempre variou nos 300.000 m/s, hoje se tem o valor de 299.792.458 metros por segundo, no vácuo.

Assim um objeto A que esteja à 299.792.458 metros de um objeto B, está a 1 segundo luz deste.

Assim, 1 segundo luz é 299.792.458

Um "ano luz", uma medida mais popular é aproximado de 10 trilhões de quilômetros (10.000.000.000.000.000 metros).

A Lua o astro mais próximo da Terra está entre 356.577 km e 406.655 km, (está variação ocorre pela trajetória elíptica, e não circular do satélite em torno de nosso planeta). logo está próximo a 1 segundo luz da Terra.

Para viajar pelo Universo somos chamados a resolver este problema. Vencer a distância.

Porém mesmo a teoria, em especial da 'inércia de energia', demonstra ser impossível alcançar a velocidade da luz, e mesmo que fosse, como alcançar corpos que estão a milhões de anos luz?

Estamos aceitando sugestões...

(Na ilustração deste artigo, vê-se um veleiro espacial, nave teórica, que ilustra a saga de Star Wars)